29/11/2019

CÂMARA PRESTA HOMENAGEM AOS 15 ANOS DA UNIFESP BAIXADA SANTISTA

A implantação da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) na Baixada Santista ocorreu em 2004, com o início dos primeiros cursos. A Unifesp é a primeira universidade pública instalada na Região. Para celebrar seus 15 anos, a Câmara Municipal de Santos promoverá uma sessão solene na terça-feira (03), às 19 horas, no Plenário Oswaldo de Rosis. A vereadora Telma de Souza é autora do Projeto de Decreto Legislativo que concede a homenagem.

O sonho de implantação da universidade pública na Região já vinha de muitas décadas. A Baixada Santista possuía tradição na oferta de cursos no Ensino Superior pelas instituições particulares, com uma grande concentração em Santos. A criação da universidade pública regional é um marco na democratização do acesso ao Ensino Superior para os moradores do litoral paulista. Em 2004, no início do Governo Lula, começaram os primeiros cursos,

“A Unifesp completa 15 anos na Baixada Santista prestando um serviço de excelência. A universidade pública da Região se tornou uma realidade a partir de muitos anos de luta. Era uma reivindicação histórica da população e fazemos parte de toda esta trajetória de luta. Nada mais justo do que prestar esta homenagem”, salienta Telma.

Para o diretor do Campus Baixada Santista, o Professor Doutor Odair Aguiar Júnior, o momento é especial porque a homenagem pelos 15 anos de trajetória da Unifesp na Região acontece no momento em que a Universidade celebra seu Jubileu de Prata, com 25 anos de atividades. “Poderemos fazer uma prestação de contas, mostrando a sociedade nossas potencialidades, serviços e feitos em nível de pesquisa, ensino e extensão. Também é momento de agradecer a vereadora Telma pela homenagem proposta e a sociedade da Baixada Santista, que tem, cada dia mais, estreitado com a universidade uma relação de trabalho, afetiva e profícua. É com muita alegria, satisfação e honra que comemoramos estes 15 anos”, destaca Aguiar Júnior.

Números
O diretor do Campus Baixada Santista elenca ainda os números da Universidade na Região. Ao todo, são nove cursos de graduação e oito de pós-graduação oferecidos a mais de 3 mil alunos. As atividades envolvem ainda 250 professores, 120 técnicos administrativos e 100 trabalhadores terceirizados.

Trajetória

Os primeiros cursos implantados tinham modalidade sequencial específica e duração de dois anos. Os graduados receberam diploma de nível superior em Educação e Comunicação em Saúde e Gestão em Saúde. As aulas começaram em setembro de 2004. No ano seguinte, em outubro de 2005, foi assinada a criação definitiva do campus pelo, à época, ministro da Educação, Fernando Haddad. As aulas já aconteciam na Baixada há um ano. 

Com o avançar dos anos, houve ampliação dos campus e novas áreas de conhecimento passaram a integrar a grade de cursos da instituição na Região. No fim de 2005, foi realizado o primeiro vestibular para os cursos de Terapia Ocupacional, Psicologia, Educação Física (Bacharelado – Modalidade: Saúde, Fisioterapia e Nutrição. As turmas iniciadas em 2004 foram diplomadas em outubro de 2006. Três anos depois, em 2009, teve início o curso de Serviço Social.

A entrega oficial da sede própria da Unifesp Baixada Santista ocorreu durante o Governo Dilma Rousseff, em fevereiro de 2012, realizada pelo então ministro da Educação, Aloizio Mercadante. A vereadora e ex-prefeita de Santos, Telma de Souza, à época deputada estadual, participou da solenidade.

Leia também

CÂMARA PRESTA HOMENAGEM AOS 15 ANOS DA UNIFESP BAIXADA SANTISTA

Ver mais

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE  PASSE LIVRE PARA ESTUDANTES

Ver mais

TELMA REALIZA SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO DIA DE ALLAN KARDEC

Ver mais