06/07/2004

Formalizado convênio do Habitar Brasil

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, formalizou ontem (04/05), em Brasília, a autorização para o ingresso de Santos no Programa Habitar Brasil - BID, que deverá possibilitar a continuidade da construção de casas populares no Dique da Vila Gilda. O convênio, assinado entre o ministério e o prefeito santista, Beto Mansur (PP), prevê o início imediato da elaboração de projeto operacional para a edificação de moradias naquele núcleo carente, localizado na Zona Noroeste do município. "É uma grande satisfação poder contribuir para que o projeto habitacional e de urbanização da Vila Gilda possa ter prosseguimento", afirmou a deputada federal Telma de Souza (PT-SP), que vinha articulando, desde janeiro passado, as negociações para que Santos fosse incluída no Habitar-Brasil. A construção, em uma primeira fase, de 1.150 casas e a implantação de infra-estrutura urbana implicará em investimentos de R$ 12 milhões, ficando R$ 10 milhões a cargo do Governo Federal e R$ 2 milhões sob responsabilidade da Prefeitura santista, a título de contrapartida. O projeto executivo deverá estar concluído até novembro, quando serão liberadas as verbas federais e iniciadas as obras. O projeto de urbanização da Vila Gilda, direcionado a famílias que viviam em palafitas junto à frente de maré do dique que deu nome ao núcleo, começou a ser implementado durante a administração de Telma de Souza na Prefeitura de Santos (1989-1992) e teve prosseguimento durante o governo de seu sucessor, David Capistrano Filho (1993-1996). O programa ganhou destaque nacional e internacional, sendo premiado na Habitat-2, conferência promovida em 1996, em Istambul, na Turquia, pelo Centro das Nações para Assentamos Humanos. Todos os anos, Telma tem destinado uma média de R$ 500 mil para garantir a continuidade do programa habitacional, através de emendas parlamentares apresentadas por ela na Câmara Federal. Além do ministro Olívio Dutra, da deputada federal Telma de Souza e do prefeito de Santos, Beto Mansur, participaram da assinatura do convênio do Habitar Brasil com a Prefeitura de Santos, o secretário Nacional de Habitação, Jorge Hereda, e as deputadas federal, Mariângela Duarte, e estadual, Maria Lúcia Prandi (ambas do PT).

Leia também

CÂMARA PRESTA HOMENAGEM AOS 15 ANOS DA UNIFESP BAIXADA SANTISTA

Ver mais

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE  PASSE LIVRE PARA ESTUDANTES

Ver mais

TELMA REALIZA SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO DIA DE ALLAN KARDEC

Ver mais