26/03/2019

TELMA COBRA APURAÇÃO DE CASOS SUSPEITOS E MORTES NAS UPAS DE SANTOS

Vereadora avalia a criação de uma Comissão de Inquérito para investigar serviços prestados pelas Organizações Sociais (OSs) que administram as duas Unidades

 

A vereadora Telma de Souza, presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Santos, apresentou, nesta segunda-feira (25), pedido de apuração urgente das mortes e suspeitas de negligência nas UPAs Central e da Zona Noroeste. A parlamentar avalia propor a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para averiguar os serviços prestados pelas Organizações Sociais (Oss) que administram as duas Unidades no Município. Confira a íntegra do requerimento em http://legislativo.camarasantos.sp.gov.br/datafiles/suite/exclusiva/aplicativo/ide/sistemas/11/producao/10/14/94976/r_(1392).pdf .

 

Desde que iniciaram seus atendimentos em Santos, as UPAs Central e da Zona Noroeste reúnem uma série de reclamações dos usuários. São críticas sobre demora de horas para consultas de emergência, diagnósticos imprecisos ou incompletos, falta de exames, supostos erros médicos e, em alguns casos, até mortes de pacientes, cujas famílias alegam negligência.

 

Algo de muito estranho está acontecendo rotineiramente nas duas UPAs em funcionamento em Santos. Há uma sequência de fatos indicando que não está havendo um cuidado especial com a saúde das pessoas. Além da espera pelo atendimento por longas horas, indefinições sobre alguns casos, insuficiência de médicos, o mais grave são as mortes. Com Saúde não se brinca, e não vamos permitir que as pessoas sofram sem atendimento adequado”, critica a ex-prefeita de Santos.

 

Embora tenham sido construídas pela Prefeitura de Santos, a gestão e o atendimento das UPAs são responsabilidade das suas respectivas OSs. Para Telma, este modelo de administração das unidades de saúde dificulta a fiscalização do atendimento, os controles públicos e social e a transparência. “As OSs têm que prestar serviços de qualidade, afinal recebem uma grande parte do orçamento municipal da Saúde. No entanto, a população não se sente retribuída com bom atendimento. Por isso, é fundamental que essas organizações expliquem à Câmara o que acontece nas UPAs”, afirma a vereadora.

 

 

Leia também

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE  PASSE LIVRE PARA ESTUDANTES

Ver mais

TELMA REALIZA SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO DIA DE ALLAN KARDEC

Ver mais

PADRE JÚLIO LANCELLOTTI DEBATE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO DE RUA, EM SANTOS

Ver mais