06/07/2020

TELMA COBRA CDHU E COHAB SOBRE REAJUSTE NO SÃO MANOEL

A vereadora Telma de Souza cobrou explicações da Companhia de Habitação da Baixada Santista (Cohab) e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) do Estado de São Paulo sobre o reajuste de quase 40% na prestação dos imóveis do conjunto Habitacional Santos "O", no bairro São Manoel. Os valores variam de acordo com cada renda apresentada por cada morador, mas uma prestação que custava R$ 149, 70, por exemplo, aumentou para R$ 206, 32.

"Um aumento de quase 40% na mensalidade dos apartamentos é muito alto. O que mais nos espanta é um reajuste deste peso acontecer sem uma comunicação prévia, durante a pandemia, quando grande parte dos moradores perdeu seus empregos ou fontes informais de geração de renda", pontua a ex-prefeita de Santos.

O Conjunto Santos "O" já foi tema de outros trabalhos da vereadora por conta da constatação de falhas estruturais na obra, má qualidade de suas instalações e um incêndio ocorrido em um apartamento após um curto-circuito no Carnaval deste ano.

"Há dois anos acompanhamos o caso dos moradores da Rua João Carlos da Silva, no Jardim São Manoel, e a luta pela permanência em suas casas consolidadas e também aqueles que foram para os apartamentos no Conjunto Santos "O", com reuniões, encaminhamentos, audiências na Cohab, Prefeitura e Promotoria. Neste momento de pandemia, continuamos na retaguarda para que possam manter suas condições de moradias. É necessário tomar providências", ressalta Telma.

Leia também

TELMA PROPÕE TAC PARA ATENDIMENTO À POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

Ver mais

TELMA PROPÕE R$ 10 MILHÕES PARA COMBATE À DESIGUALDADE SOCIAL

Ver mais

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE POLÍTICA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 

Ver mais