02/11/2021

TELMA COBRA CONTINUIDADE DE PROGRAMA ASSISTENCIAL

A crise econômica do País continua se agravando e muitos santistas deixarão de receber o auxílio do Programa Nossa Família (PNF) a partir de novembro. A ampliação do programa foi anunciada pela Prefeitura em abril deste ano e passou a atender 4,9 mil famílias, por seis meses, com uma complementação financeira que varia de R$ 120 a R$ 240. 

O Nosso Família foi criado em 2005, durante a gestão petista no Município, para atender famílias em extrema vulnerabilidade. O aumento de beneficiários tem sido uma das lutas da vereadora Telma de Souza na Câmara de Santos.

“Tenho denunciado a diminuição do apoio social dado pelo Poder Público, em todas as esferas. Em Santos, isso também vem acontecendo: o cartão bolsa-alimentação foi cortado, unidades do Restaurante Popular deixaram de atender aos finais de semana e há denúncias de diminuição da distribuição de cestas básicas para famílias carentes. Diante da volta da fome, o Nossa Família não pode ser reduzido”, explica a vereadora. 

Em abril, a Prefeitura anunciou que o Nossa Família seria ampliado, mas por apenas seis meses. “Esse prazo é insuficiente diante do aumento do desemprego e da queda de renda que atinge milhões de brasileiros. Santos não pode ser omissa diante dessa realidade, ainda mais com a inércia do Governo Federal. A Administração Municipal ainda não confirmou a continuidade do atendimento, deixando essas pessoas ainda mais inseguras.”

Leia também

COVID-19: TELMA PEDE PLANO SANITÁRIO PARA CRUZEIROS

Ver mais

TELMA SOLICITA VACINAÇÃO DE CRIANÇAS SEM EXIGÊNCIA DE ATESTADO MÉDICO EM SANTOS

Ver mais

“SANTOS PRECISA SE COMPROMETER COM VACINAÇÃO DE CRIANÇAS SEM EXIGÊNCIA DE ATESTADO MÉDICO"

Ver mais