28/01/2020

TELMA COBRA PLANO DE PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS

Presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, Telma abordou o tema com o secretário Fábio Ferraz

 Preocupada com a ameaça da epidemia coronavirus chegar ao litoral paulista, sobretudo pelo Porto de Santos, a vereadora Telma de Souza cobrou um plano de prevenção realizado pela Prefeitura. Presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, a ex-prefeita abordou o tema com o secretário municipal da pasta, Fábio Ferraz, em reunião realizada na tarde desta terça-feira (28). Telma obteve a garantia de que, inicialmente, o Hospital Guilherme Álvaro e o Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, servirão como retaguarda para atendimento.

O coronavirus, conhecido entre os especialistas como 2019-nCov, ficou conhecido em dezembro do ano passado, na província chinesa de Hubei, na região de Wuhan. O local é considerado o epicentro da doença. A Organização Mundial de Saúde divulgou, na segunda-feira (27), a classificação do risco internacional da epidemia. O status aumentou de “moderado” para “elevado”. Até a tarde desta terça-feira (28), o número de mortos por 2019-nCov na China era de 106 pessoas. O total de casos confirmados em todo país é de 4.193.

 

O Brasil possui três casos suspeitos. O Ministério da Saúde confirmou que há um em Minas Gerais, um no Paraná e outro no Rio Grande do Sul. Há também uma família brasileira, nas Filipinas, com suspeita de infecção por 2019-nCov. Ao todo, 12 países já registram casos, como Tailândia, Singapura, Estados Unidos, França, Filipinas, Austrália e Alemanha.

 Telma ressalta que o plano elaborado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prevê a utilização dos dois municipais. A vereadora acrescenta que a Administração Municipal também se comprometeu a aperfeiçoar o plano preventivo, para evitar o impacto à população.

 “O coronavirus é uma ameaça real e Santos precisa ter um plano de prevenção. Nesta reunião com o secretário, tratamos sobre vários assuntos relativos à Saúde, mas este tema foi o principal, em função do avanço da epidemia e também do possível acesso pelo nosso porto. Qual a proposta para salvaguardar a saúde e a vida das pessoas? O secretário afirmou que, inicialmente, dois hospitais estaduais servirão de retaguarda: o Guilherme Álvaro, aqui em Santos, e Emílio Ribas, em São Paulo, caso haja necessidade de quarentena ou isolamento”, relata a parlamentar.

Leia também

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE POLÍTICA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 

Ver mais

TELMA DENUNCIA FIM DO CARTÃO ALIMENTAÇÃO PARA ALUNOS AO MINISTÉRIO PÚBLICO

Ver mais

TELMA REIVINDICA RETORNO DO CARTÃO "BOLSA ALIMENTAÇÃO" PARA 8 MIL FAMÍLIAS

Ver mais