17/03/2020

TELMA SOLICITA MEDIDAS PARA MERENDA ESCOLAR E TRANSPORTE PÚBLICO

Requerimentos foram apresentados na sessão desta segunda-feira (16)
 
Preocupada com as crianças, adolescentes e jovens que têm a merenda escolar como única refeição diária, a vereadora Telma de Souza solicitou à Prefeitura o fornecimento de alimentação para estes estudantes no período de fechamento das escolas por conta da pandemia de coronavirus. A parlamentar também cobra cuidados especiais no transporte público. Os requerimentos foram apresentados na sessão desta segunda-feira (16).

A Secretaria Municipal de Educação adotou como medida preventiva a redução das atividades escolares durante esta semana e o fechamento das unidades a partir da próxima segunda-feira (23).

"Muitas crianças possuem esta triste realidade e precisamos assegurar o direito básico à alimentação. Em algumas cidades, as escolas e creches abrirão somente no horário da merenda. Já em outras, serão fornecidos kits de alimentos aos alunos, para que a refeição possa ser feita em casa", explica a ex-prefeita de Santos.
 
A Prefeitura de Osasco irá abrir as escolas no horário do almoço para servir a merenda. Já a Prefeitura de Recife optou pelo fornecimento dos kits de alimentos, para que o consumo seja feito nas residências dos alunos. 

Telma ressalta que, independente da medida adotada, não haverá ônus aos cofres públicos. "O recurso para a merenda já está previsto no Orçamento. O nosso objetivo é garantir a alimentação destes alunos que possuem somente a merenda escolar como fonte de nutrição", acrescenta a vereadora.

Transporte público 
 
As más condições de circulação de ar e a ausência de climatização no transporte público, espaço propício à aglomeração, também foram abordadas pela vereadora em requerimento direcionado à Companhia de Engenharia e Tráfego (CET). 

Telma salienta que a Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que locais fechados e com grande concentração de pessoas favorecem a proliferação do coronavirus. 

"Milhares de pessoas vão trabalhar de ônibus, que são ambientes fechados, com superlotação. Como o sistema de climatização dos ônibus de Santos só é acionado quando a temperatura passa dos 26 graus e as janelas são travadas, solicitei em requerimento que as janelas dos veículos sejam destravadaa para a circulação do ar ou que os motoristas recebam a permissão para ligar o ar-condicionado dos veículos", explica a parlamentar.
 

Leia também

TELMA COBRA CONSTRUÇÃO DE 700 MORADIAS NA ZONA NOROESTE 

Ver mais

PROJETO QUE PROÍBE INCINERADOR EM SANTOS TEM APOIO DE 55 ORGANIZAÇÕES AMBIENTAIS 

Ver mais

TELMA DEFENDE VALORIZAÇÃO PERMANENTE DA GUARDA MUNICIPAL

Ver mais